Vida de Temporada

Quando os seriados voltam do hiato das festas de final de ano, é uma alegria. Porém, com HIMYM a decepção continuou.

How I Met Your Mother errou a mão na temporada 7. No episódio 6 eu já estava pensando isso, no 13 a situação só piorou.

No episódio de Ano-Novo, Marshall vai ao túmulo do pai assistir a um jogo da NFL e encontra os irmãos. Robin assume a cobertura na virada e Ted e Barney abrem um bar no apartamento, chamado Puzzles (FOTO).

Antes um seriado de comédia sem noção, agora HIMYM mistura emoção com situações que devem ser engraçadas, mas não são.

A legenda está disponível no site legendas.tv e o arquivo em AVI vocês encontram clicando aqui.

Anúncios

Dexter é um dos poucos seriados que começa normal e vai melhorando ao longo da temporada. Vale lembrar que a série tem apenas 12 episódios, enquanto as demais ficam em torno de 24. Já no terceiro episódio, chamado Smokey and the Bandit, Dexter continua atrás de serial killers para matar com seu ritual de caça, assassinato e desmembramento. Parece estranho? E é.

O mais contraditório é que Dexter trabalha na divisão de homícídios da polícia de Miami como um especialista em espirros de sangue. Além disso, ele é um serial killer que assassina outros serial killers que encontra no seu trabalho diário.

Dica: para quem decidiu começar a assistir a primeira temporada, espere até o episódio cinco.

A cada temporada há um assassino principal, que é investigado pela polícia e, paralelamente, por Dexter. A tenente Debra Morgan é irmã do protagonista, mas não desconfia de suas atividades externas – assim como todos da divisão. Até o terceiro episódio, não há muitas informações sobre a dupla de assassinos. Um deles se chama Nathan e está envolvido em algum tipo de seita, pelo que compreendi.

> Download: no site vmseries.com.br já com legenda e em RMVB (qualidade inferior). Ou em AVI no  EZTV.IT por torrent. Legendas em legendas.tv. Não esqueçam que RMVB roda no Real Player.

>>> SPOILERS DAQUI PRA FRENTE <<<

No terceiro episódio, Dexter redescobre um de seus “herois” de infância, o matador Fada do Dente, que quebra o uma pedaço do dente de suas vítimas. Ele o caça até um condomínio de idosos (!) e o assassina em seu ritual.

Já Nathan sequestra um homem e o aprisiona numa igreja, onde afirma que ele ficará preso até que peça perdão a Deus. O homem pede, lógico, mas seus pedidos não são atendidos. Vale lembrar que Nathan segue os conselhos de um mentor.

No final do episódio, cavalos com manequins masculinos com partes de corpos humanos saem em disparada pela cidade, no meio de uma praça, deixando ainda mais mistério no ar.

Sexta temporada de Dexter mantém o pique
Dexter é um dos poucos seriados que começa normal e vai melhorando ao longo da temporada. Vale lembrar que essa série tem 12 episódios. Já no terceiro episódio, Dexter continua atrás de serial killers para matar com seu ritual de caça, assassinato e desmembramento. Parece estranho? E é.
O mais intrigante é que Dexter trabalha na divisão de homícídios da polícia de Miami como um especialista em espirros de sangue. Além disso, ele é um serial killer que assassina outros serial killers que encontra no seu trabalho diário.
Dica: para quem decidiu começar a assistir a primeira temporada, espere até o episódio cinco.
A cada temporada há um assassino principal, que é investigado pela polícia e, paralelamente, por Dexter. A tenente Debra Morgan é irmã do protagonista, mas não desconfia de suas atividades externas – assim como todos da divisão. Até o terceiro episódio, não há muitas informações sobre a dupla de assassinos. Um deles se chama Nathan e está envolvido em algum tipo de seita, pelo que compreendi.
>>> SPOILERS DAQUI PRA FRENTE <<<
No terceiro episódio, Dexter redescobre um de seus “herois” de infância, o matador Fada do Dente, que quebra o uma pedaço do dente de suas vítimas. Ele o caça até um condomínio de idosos (!) e o assassina em seu ritual.
Já Nathan sequestra um homem e o aprisiona numa igreja, onde afirma que ele ficará preso até que peça perdão a Deus. O homem pede, lógico, mas seus pedidos não são atendidos. Vale lembrar que Nathan segue os conselhos de um mentor.
No final do episódio, cavalos com manequins masculinos com partes de corpos humanos saem em disparada pela cidade, no meio de uma praça, deixando ainda mais mistério no ar.

No primeiro episódio da oitava temporada de House, ficamos sabendo que ele foi preso após invadir a casa de Cuddy com o carro. No segundo, ele descobre que Foreman virou o diretor do Princeton-Plainsboro Hospital e o médico é chamado de volta. Com um porém: com uma tornozeleira eletrônica e condicional, só pode ir para casa e ao hospital. House bem que tenta descumprir as regras, mas é obrigado a obedecer Foreman. Caso contrário, volta para a prisão. No terceiro episódio, “Charity Case”, percebemos que nada mudou para o médico.

A temporada começou boa e com uma trama bem desenvolvida. Quem pensa que House mudou alguma coisa está enganado. Continua frio, interesseiro e extremamente mal humorado. Na minha opinião, é o mau humor do médico que dá a graça ao seriado.

No terceiro episódio há uma chocante revelação para quem é seriadomaníaco: Wentworth Miller, que fazia o Michael em Prison Break, embarangou legal. Ele é o paciente do terceiro episódio, como um homem milionário que dá dinheiro a quem precisa. É neste episódio que marca a despedida da Thirteen, que já andava meio ausente na sétima temporada.

> Para quem quiser baixar, já tem disponível as legendas em legendas.tv e o arquivo em sites de torrent como eztv.it ou filestube.com

>>> SPOILERS DAQUI PRA FRENTE <<<

House com seus truques e sarcasmos rouba a cena como sempre. É ele quem controla todos os demais personagens e sabe exatamente a quem pressionar quando precisa de alguma coisa. Não desconfia que o altruísmo do paciente possa ser um sintoma, mas faz uso disso para conseguir verbas para seu departamento. Ao curar o paciente e perceber que estava certo, acaba ficando sem a verba, e, sim, com a razão.

Tags: ,

A sétima temporada de How I Met Your Mother começou bem e foi decaindo. É o que costuma acontecer com a maioria das séries de comédia, que estreiam com boa audiência e, aos poucos, perdem o fio da meada. Na season 7, episódio 1 é bom, o 2 é muito bom e o 3 é péssimo. (Podem pular o terceiro, DICA.)

No sexto episódio, Lily e Marshall decidem se descobrem ou não o sexo do bebê, enquanto Barney insiste que eles descubram. Ted vai a um encontro com uma garota e propõe que nenhum dele faça pesquisa sobre o outro na internet – o que ele não cumpre. Robin continua saindo com seu psiquiatra, que faz diversos diagnósticos dos seis amigos. A melhor parte do episódio é o final.

Já indiquei esse seriado a diversas pessoas mas, sinceramente, assistam aó até a quarta temporada.

>>> SPOILERS DAQUI PRA FRENTE <<<

Acho incrível como os roteiristas conseguem manter Lily e Marshall ainda no seriado, apesar de morarem longe e numa outra “época” da vida. Enquanto esse aspecto é positivo, há outros tantos negativos. Barney, por exemplo, continua sem evolução alguma e tem os mesmos trejeitos e manias há sete temporadas. Ok, ele é mulherengo, we get it.

No episódio, achei legal abordar a questão da tecnologia e de como todos nós temos como pesquisar sobre a vida de quem não conhecemos. Foi bem abordado. Forçado foi a reação do Ted ao saber que a mulher que estava no encontro era uma prodígio e com diversos feitos mundo afora. Exagerado.

Genial foi terminar o episódio com Ted, sem querer, revelando que o filho dos amigos será um menino. Ele pisa no resultado do exame ao entrar no edifício e o carrega na sola do pé. Quando bebe cerveja com os pés apoiados numa caixa, todos descobrem o sexo do bebê de Lily e Marshal.

Nunca gostei de Two and a Half Men, confesso. As piadas feitas pelo protagonista nunca me atraíram. Porém, quando Charlie Sheen sai de cena e convidam Ashton Kutcher para participar é quase uma obrigação semanal. Foi lançado um promo da nona temporada, em que Alan (Jon Cryer) e o hilário Jake (Angus T. Jones) estão vestidos de policiais e brincam sobre como farão para trazer o “cara novo” para a série.

Sobre a nova temporada, há rumores de que começará com o funeral de Charlie e a mansão ficará à venda. Um dos compradores seria Ashton, um milionário da internet, que mantém os antigos moradores na residência. Acho altamente improvável que a trama tenha vazado, então deve ser só boato.

Two and a Half  Men volta no dia 19 de setembro.

Aí o promo:

Foi divulgado pela CW o promo da quinta temporada de Gossip Girl. Blair (Leighton Meester), Serena (Blake Lively), Nate (Chase Crawford) e Chuck (Ed Westwick) estão em Los Angeles – SIIIIM!!!

A próxima temporada deve se dividir entre Nova York e Los Angeles e começa no dia 25 de setembro. Espero que essa seja melhor, pois a quarta temporada só ficou boa lá pelo episódio 22, o que é uma tortura para quem assiste a todos.

Relembrando: no final da quarta temporada, a Blair viaja para Mônaco para se casar com o príncipe e, finalmente, se despede de Chuck. No cestinho de lixo do quarto, aparece um resultado de gravidez que deu positivo. Espero que eles voltem a ficar juntos, pois, convenhamos, é o casal que mexe com os rumos da série inteira.

Enfim, confiram aí o promo de Gossip season five:

Para quem é perdido, como eu, clica aqui e acessa o calendário de todas as séries. Mostra em que dia a temporada volta com o primeiro episódio e dá pra se organizar.

Em caso de dúvidas se o seriados já começou ou não, que dia passa e etc., o site EZTV.IT é o melhor pra isso. Ali tem também o download das séries via Torrent e são atualizados cerca de duas horas depois que o episódio vai ao ar nos Estados Unidos.

Aqui no blog eu só falo daquelas séries que assisto semanalmente, obviamente.

tweets

Sopa de Letras


Procura por data

setembro 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930